O aniversariante Jerry, cantando Elvis

Jerry Adriani Hoje é aniversário de Jerry Adriani, nome artístico de Jair Alves de Sousa (São Paulo – SP, 29 de janeiro de 1947), cantor e ator brasileiro, que tanto nos encantou nos tempos da Jovem Guarda, e ainda nos faz dançar em suas apresentações atuais.

Jerry Adriani era compadre de Raul Seixas. Pra quem não sabe, o cantor é padrinho da primeira filha de Raul, Simone, filha do Maluco Beleza com Edith Wisner, sua primeira esposa.

Já vimos em post anterior que a turma de amigos da Barra da Tijuca curtiu muito uma apresentação de Jerry Adriani no Condomínio Riviera Dei Fiori.

Então, para que nossos amigos possam curtir mais um pouco, estamos postando um “Medley de Elvis”, que inclui: “Me Beija Assim”, “Tremendo de Amor”, e “Don’T Be Cruel”.

O vídeo foi gravado em um show no saudoso Canecão, no Rio de Janeiro, em outubro de 2007. O nome do show: Jerry Adriani é Só Sucesso.

O Canecão anda fazendo falta a Cidade do Rio de Janeiro.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhem.

Anúncios

E a turma curtiu Jerry Adriani

Jerry Adriani Sábado, 21/11/2015, a nossa turma da Barra da Tijuca – Rio de Janeiro, curtiu um show do grande Jerry Adriani.

O evento foi no Clube do Condomínio Riviera Dei Fiori, na Barra da Tijuca.

A turma, que na juventude viveu, cantou e dançou ao som dos sucessos da Jovem Guarda, curtiu muito, cantando junto com Jerry Adriani e enviando fotos e vídeos para os amigos que estão distantes.

O vídeo que você vai curtir mostra um medley de sucessos da Jovem Guarda, gravado em um show de Jerry Adriani no Canecão, em outubro de 2007.

Alias, o Canecão anda fazendo falta na Cidade do Rio de Janeiro.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhem.

História da Música : Doce, Doce Amor

Raul Seixas Grande sucesso gravado por Jerry Adriani em 1971, “Doce, Doce Amor” é de autoria de Raul Seixas e Mauro Motta.

Mas engana-se quem pensa que esta é apenas mais uma música melosa e alienada da Jovem Guarda.

A história da música é contada no site Memorial Raul Seixas :

“Em 13 de dezembro de 1968, o Regime Militar instituiu o AI-5 (Ato Institucional N° 5), que dava poderes extraordinários ao Presidente da República e suspendia várias garantias dos brasileiros. Raul, que naquela época já se ligava em política, ficou prostrado com a situação. Segundo o próprio Jerry, Raul teria lhe apresentado Doce, Doce Amor logo na semana seguinte ao AI-5.

Nos versos da música, Raul lamenta a perda da liberdade: “Está fazendo uma semana que, sem mais e nem menos, eu perdi você. Mas não sei determinar ao certo qual foi a razão, meu bem. Vem me dizer”.

O Doce Amor perdido era justamente a nossa democracia.”

The Point Carioca - Blog

Assinem e Compartilhem nosso Blog.

APÓIEM O BLOG VISITANDO OS SITES DE NOSSOS ANUNCIANTES.