Roberto e Erasmo em uma nova leitura

Livreto.indd Quem diria que os sucessos do tempo da Jovem Guarda ainda estariam agitando as platéias desse novo milênio.

Mas continua, e é o que prova Luiza Possi, que gravou “O Portão” com uma leitura mais para o “rock”, mais pesado.

O sucesso da dupla Roberto Carlos e Erasmo Carlos foi lançado por Roberto em seu álbum de 1974.

O vídeo, que você vai assistir abaixo, faz parte do DVD de Luiza Possi, Seguir Cantando, lançado em 2011.

Luiza, que nasceu no ano de 1984, grava e curte uma canção lançada 10 anos antes de seu nascimento. O mesmo acontece com a maioria dos jovens de hoje, que curtem sucessos dos anos 60, 70 e 80.

Enfim, parece que a Jovem Guarda ainda está viva, mesmo que em uma nova leitura.

Vamos curtir.

Eu gostei. E você ? Deixe um comentário.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Um sucesso VIP

Os Vips Claro que estamos falando da dupla de cantores que atuou na época da Jovem Guarda: Os Vips.

A dupla era formada pelos irmãos Ronaldo Luís Antonucci e Márcio Augusto Antonucci, que anteriormente cantavam, separadamente, músicas em inglês sob os nomes de Ronald Red e Jett Williams.

Um dos maiores sucessos da dupla foi uma canção de autoria de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, chamada “A Volta”, gravada em 1966.

O sucesso foi regravado pela dupla, em 1991, em um show, ao vivo, de “retorno” da Jovem Guarda. O álbum vendeu mais de 300.000 copias.

Vale a pena relembrar e curtir.

A Jovem Guarda marcou época nas gerações de 50, 60 e 70.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Dueto de Erasmo & Renato

Erasmo e Renato Em 1992 Erasmo Carlos lançou seu álbum, “Homem de Rua”, cuja a faixa título fez parte da trilha sonora da novela De Corpo e Alma, exibida pela TV Globo.

A canção era tema do personagem Bira de Guilherme de Pádua, que, ao lado da esposa Paula Thomaz, assassinou a atriz Daniella Perez, filha da autora da novela Glória Perez. Por conta desse acontecimento, Erasmo Carlos, em respeito a atriz, nunca mais cantou essa música.

Mas hoje vamos falar de outra música, que também foi destaque nesse álbum.

A Carta“, na qual Erasmo Carlos cantou com Renato Russo.

Vale a pena curtir esse bela canção.

O álbum ainda contou com outro sucesso, “Fera Ferida”, que fez parte da trilha sonora de outra novela. Mas isso fica para um outro post.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Marisa e Erasmo em trilha de novela

Erasmo Carlos e Marisa Monte A música que estamos postando hoje tinha o nome de “Não Quero Ver Você Triste“, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, lançada em 1965 no álbum “Roberto Carlos Canta Para a Juventude“.

Era toda em instrumental, com Roberto Carlos apenas declamando.

No ano de 2007, Erasmo Carlos incluiu a canção em seu álbum “Erasmo Convida – Vol. II“, acrescentando uma letra à música.

O nome da música passou a ser “Tema de Não Quero Ver Você Triste”, interpretada por Marisa Monte (parte cantada) e Erasmo Carlos (parte declamada).

O resultado ficou excelente e a canção fez parte da trilha sonora da novela Sete Pecados, exibida pela TV Globo no ano de 2007.

Eu, particularmente, achei que ficou muito melhor do que a gravação original.

Enfim, cada um tem a sua preferencia. Curte, comente e compartilhe.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Sonhos e Memórias

Bom DiaSonhos e Memórias 1941-1972” é o nome do álbum de Erasmo Carlos, lançado em 1972.

Para relembrar esse grande LP de Erasmo Carlos, vamos curtir “Bom Dia Rock’n Roll”, composição da dupla Roberto Carlos e Erasmo Carlos.

Uma boa música para matar a saudade do tempo da Jovem Guarda e dos velhos rocks.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.