Relembrando Dominguinhos

Fagner O grande e saudoso instrumentista, exímio em sua sanfona (acordeão), nos deixou há mais de 4 anos. Ficaram, porem, inúmeros sucessos que enriquecem a nossa MPB, compostos durante sua brilhante carreira.

Foi vencedor, por duas vezes, do Grammy Latino. Também ganhou o Prêmio Shell de Música e foi Homenageado no Prêmio Tim de Música Brasileira.

Um dos grandes sucessos de Dominguinhos, composto em parceria com Manduka, foi lançado e gravado por Fagner, na segunda edição de seu álbum Eu Canto – Quem Viver Chorará, em 1979.

O nome da música: “Quem Me Levará Sou Eu“.

A gravação da canção contou com o autor, Dominguinhos, no acordeão, e João Donato, no piano.

Vale a pena curtir.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Anúncios

E a trilha sonora da nova novela ?

Fagner e Joanna Começo de uma novela e lá vem uma nova trilha sonora. As músicas que você irá ouvir pelos próximos seis meses, em execuções de destaques nas rádios e programas de TV.

Mas, como já comentamos em posts anteriores, as trilhas sempre apresentam músicas de antigas décadas, em geral dos anos 60 e 70. Esta nova novela, Velho Chico (da TV Globo), incluiu em seu primeiro capítulo uma música dos anos 50.

Trata-se de “Meu Primeiro Amor”, uma guarânia paraguaia de H. Gimenez, versão brasileira de José Fortuna e Pinheirinho Jr.. A primeira gravação foi feita pela dupla sertaneja Cascatinha & Inhana, no ano de 1952, como lado B de outra guarânia paraguaia, “Índia“, de J. A. Flores e M. Guerrero, também com versão de José Fortuna.

De lá para cá houveram inúmeras regravações. Nos anos 70 a cantora paraguaia Perla, que fez grande sucesso no Brasil, também gravou esta música. Mais recentemente, em 2006, Joanna regravou em seu álbum Ao Vivo em Portugal a canção que já havia sido incluída em seu álbum de 1991.

A música, nos anos 60 e 70, era considerada “brega” mas, nos dias de hoje, provavelmente irá voltar a parada de sucessos como um “hit romântico”.

Apesar de fazer parte do primeiro capítulo da novela, a música não deve fazer parte do álbum com a trilha sonora. Uma pena.

Mas, vamos aproveitar o momento e curtir um vídeo com Joanna e Fagner interpretando “Meu Primeiro Amor”, a versão da guarânia paraguaia “Lejania”. O vídeo é do ano de 1999, parte do DVD de FagnerAmigos e Canções – Ao Vivo”.

Guarânia é um gênero musical de origem paraguaia, em andamento lento, geralmente em tom menor. Foi criada em Assunção pelo músico José Asunción Flores, em 1925.

The Point Carioca - Blog

Mais um sucesso de Fagner

Passaros Urbanos Depois de mais de 35 discos lançados, Fagner gravou o álbum Pássaros Urbanos em 2014, comemorando seus 40 anos de vida artística, produzido pelo não menos famoso Michael Sullivan.

A canção que você irá curtir no vídeo abaixo chama-se “Arranha Céu”, parceria de Michael Sullivan com o poeta cearense Fausto Nilo.

Sem duvida esse é um álbum que vale a pena você ter em sua discoteca.

Com vocês, Raimundo Fagner.

The Point Carioca - Blog

Gostou do Post, Clique em CURTIR.

Assinem e Compartilhem nosso Blog.

Um poema de Ferreira Gullar musicado por Fagner

Ferreira Gullar Ferreira Gullar, pseudônimo de José Ribamar Ferreira (São Luís, 10 de setembro de 1930) é um poeta, crítico de arte, biógrafo, tradutor, memorialista e ensaísta brasileiro e um dos fundadores do neoconcretismo. Em 1971, depois de ter sido preso por se manifestar contrario ao regime militar existente no Brasil, partiu para o exilio, morando na Rússia, Chile, Peru e Argentina. Nessa época enviava matérias para o semanário “O Pasquim” com o pseudônimo de Frederico Marques. Quando vivia em Moscou escreveu o poema “Cantiga Para Não Morrer”, baseado em uma profunda relação amorosa. Anos depois, o cantor Fagner fez uma música com esse poema e colocou o nome de “Me Leve”. Ouçam esse belo poema na bela interpretação de Fagner:

The Point Carioca - Blog

Gostou do Post, Clique em CURTIR.

Assinem e Compartilhem nosso Blog.

O eterno sucesso de Luiz Vieira

Luiz Vieira Luiz Rattes Vieira Filho (Caruaru, 12 de outubro de 1928) é um cantor, compositor e radialista brasileiro.

No início da sua carreira cantava músicas românticas, valsas e samba-canções. Na década de 1960 ganhou as paradas de sucesso com a canção “Prelúdio Pra Ninar Gente Grande, mais conhecida como Menino Passarinho.

Não gosta de ser chamado de cantor, mas, sim, de cantador. Luiz Vieira é estudioso das músicas de cordel.

No vídeo abaixo você vai poder curtir esse sucesso na interpretação de Fagner, faixa de seu disco “Palavra de amor” – 1983.

The Point Carioca - Blog

Gostou do Post, Clique em CURTIR.

Assinem e Compartilhem nosso Blog.