Instrumental de Antônio Adolfo

Antonio Adolfo e A Brazuca Mais um dos geniais compositores da nossa MPB, Antônio Adolfo deixou marcado seu sucesso no Brasil e no Exterior.

Exímio pianista, Antônio Adolfo, desde os 16 anos de idade, já pertencia ao seleto grupo da Bossa Nova.

Participou de diversos Festivais da Canção, vencendo em 1970 com a música “BR-3”, interpretada pelo grande Toni Tornado.

Fez parte do grupo A Brazuca, além da famosa parceria com Tibério Gaspar.

Hoje vamos curtir um instrumental com Antônio Adolfo interpretando “Sá Marina”, composição sua em conjunto com Tibério Gaspar, que concorreu no Festival da Canção  do ano de 1968 obtendo enorme sucesso.

A canção ficou eternizada, também, na gravação do saudoso Wilson Simonal.

Vale a pena curtir e compartilhar.

Saudade dos bons Festivais…

The Point Carioca - Blog

Anúncios

Mais um instrumental de primeira

Os Bossa Nova Esse é, sem dúvida alguma, um álbum que você deve ter em sua coleção.

Lançado em 2008 pela Biscoito Fino, o álbum Os Bossa Nova trás Carlos Lyra, Roberto Menescal, Marcos Valle e João Donato interpretando 14 grandes músicas.

No post de hoje vamos curtir “Entardecendo”, composição de Marcos Valle e João Donato.

Uma bela opção para esse final de tarde de Domingo.

Curtam e compartilhem.

A propósito: estou caçando este álbum. Se alguém souber onde comprar, me avise nos comentários.

The Point Carioca - Blog

Mais um instrumental com João Donato

Donato Mais uma bela apresentação de João Donato e banda no Instrumental SESC Brasil, na cidade de São Paulo, em dezembro de 2010.

A música é “Nasci Para Bailar”, composição de João Donato e Paulo André Barata, que chegou a ser gravada por Nara Leão em seu álbum de 1982.

O grupo de músicos que acompanharam Donato nessa apresentação são: Robertinho Silva (bateria); Luiz Alves (contrabaixo acústico); e Ricardo Pontes (saxofone).

Vamos curtir e compartilhar.

Quem quiser acompanhar a letra:

“Atravessei sete montanhas
Pra chegar no mar
Porque nasci, nasci para bailar
Abri veredas e cancelas pra poder passar
Porque nasci, nasci para bailar
Danço bolero, danço samba, danço chá-chá-chá
Por que nasci, nasci para bailar

Rimo Raimundo com a virada desse mundo
Vou no raso, vou no fundo
Mas um dia eu chego lá

Rodo Bandeira, dou pernada dou rasteira
Toco surdo e frigideira
Atabaque e ganzá

Porque nasci, nasci para bailar…”

The Point Carioca - Blog

Mais um instrumental. Relembrando Zimbo Trio.

Zimbo Trio Essa é para quem viveu a época dos trios relembrar e, quem não viveu, curtir uma grande apresentação.

A década de 60 foi, sem dúvida, a época dos trios no Brasil.

Não estamos falando dos trios elétricos que infestam nossas cidades nos tempos de Carnaval, que, apesar de terem sua origem no início dos anos 50, só em 1969, após o lançamento da música de Caetano Veloso, “Atrás do Trio Elétrico”, se espalhou pelo Brasil.

Estamos falando de trios famosos: Zimbo Trio, Tamba Trio, e Milton Banana Trio. Em geral eram compostos por piano, contrabaixo e bateria.

Hoje vamos curtir “Samba de Uma Nota Só”, de Tom Jobim, na bela interpretação do Zimbo Trio, em sua formação atual. O show ocorreu no Teatro Anchieta, do Sesc Consolação, em São Paulo, no dia 05/09/2011.

A velha e magnifica Bossa Nova.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Um rock instrumental de sucesso

Pepeu Gomes Anos 70, bons tempos em que podíamos curtir shows de rock com os Novos Baianos. A boa música de Moraes Moreira, a bela voz de Baby Consuelo (naquela época ainda se chamava assim), curtir os solos do grande Pepeu Gomes, e todos os outros componentes desse famoso e saudoso grupo.

Hoje vamos relembrar um sucesso de Pepeu Gomes, que fez parte de seu primeiro LP de sua carreira solo.

Trata-se de “Malacaxeta”, do álbum Geração do Som, de 1978.

Pepeu, ate os 17 anos tocava baixo. Nessa época conheceu Gilberto Gil que o convidou para acompanhá-lo no Barra 69, o famoso show da época em que Gil e Caetano foram expulsos do Brasil.

Depois disso, Pepeu foi morar na casa de Gil.

Um certo dia Gil o presenteou com um disco do Jimi Hendrix. Esse foi o momento em que tudo mudou.

Pepeu ficou a noite inteira ouvindo o disco e acabou tirando todas as músicas do álbum, tocando e solando igual a Jimi Hendrix.

Nascia o grande guitarrista brasileiro.

Vamos curtir esse grande sucesso, em um clipe da época.

Pepeu Gomes, o Jimi Hendrix brasileiro.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Quando o tema é futebol…

Waldir Calmon Essa música eu acho que todos conhecem.

Bem, pelo menos aqueles que freqüentavam os cinemas brasileiros nos anos 60, 70, 80 e 90, e curtiam aquele noticiário antes dos filmes: o famoso “Canal 100”.

A música chama-se “Na cadência do samba”, composição de Luiz Bandeira no ano de 1956.

Mas, a gravação usada como fundo musical para cenas de futebol do Canal 100 era do LP Feito Para Dançar, de Waldir Calmon e seu Conjunto.

Com isso, o tema popularizou-se, tornando-se mais conhecido pelo verso inicial “Que Bonito É”.

Aliás, Waldir Calmon faria 98 anos hoje, se vivo estivesse.

Vamos relembrar e curtir o tema e um clipe do Canal 100.

Na cadência do samba” também é o nome de outro samba famoso, composto em 1962 por Paulo Gesta e Ataulfo Alves.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.