Tom e Vinicius em um dueto franco-brasileiro

Henri Salvador e Gilberto Gil Mais uma vez vamos postar uma interpretação de Gilberto Gil acompanhando um cantor estrangeiro.

Dessa vez, o sucesso de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, “Eu Sei Que Vou Te Amar”, de 1959, que ganhou a versão francesa com o título de “Tu Sais Je Vais T’Aimer”, é interpretado por Henri Salvador (cantor, compositor e guitarrista francês de jazz, já falecido) e Gilberto Gil.

A canção apresentada no vídeo, faz parte do álbum de Henri Salvador, de 2008, chamado “Révérence”.

Vamos curtir:

Em 2014 a canção de Tom e Vinícius entrou na trilha sonora da telenovela Em Família da Rede Globo interpretada por Ana Carolina.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Tropicalista italiano?

Gil e Chiara Recebi o vídeo que estou postando hoje de uma Amiga no WhatsApp.

A música, de imediato, me fez lembrar os idos de 60, em que as canções românticas italianas imperavam nas rádios nacionais.

O sucesso italiano também alcançava o cinema, e isso alimentava o gosto pelas belas canções.

Vários cantores e cantoras ganharam fama nessa década, entre eles: Pepino Di Capri, Pino Donaggio, Rita Pavone, Ornella Vanoni, e outras.

Bem, voltando ao vídeo de hoje, percebemos uma curiosidade no dueto que interpreta a música: a cantora italiana, Chiara Civello, nasceu 10 anos após o lançamento da canção e o cantor brasileiro, Gilberto Gil, era do movimento tropicalista, nada tendo em comum com o pop-romântico.

A música chama-se “Io che non vivo senza te”, lançada por Pino Donaggio no Festival de Sanremo de 1965. O mesmo Festival que, em 1968, teve como vencedora a canção “Canzone Per Te”, de Roberto Carlos e Sergio Endrigo.

Vale a pena curtir e compartilhar.

Quanta saudade dos Festivais daquela época.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Voltando aos Nomes de Mulheres na MPB: Madalena

1972 - Barra 69- Caetano E Gil Ao Vivo Na Bahia Assim que você leu o título do post, aposto que imaginou e até cantarolou o sucesso de Ivan Lins.

E isso é um ato normal, afinal a “Madalena” de Ivan Lins, além do sucesso nacional impulsionado pela bela interpretação de Elis Regina, rodou o mundo.

Mas hoje estamos falando de uma composição de Isidoro Oliveira, lançada no álbum Barra 69 – Caetano e Gil Ao Vivo na Bahia.

O disco apresenta o show que foi gravado de forma precária em uma fita cassete, em 1969. Posteriormente, em 1972, o produtor Nelson Motta convenceu a gravadora Phillips a recuperar essa gravação e lançar o LP.

Então, para relembra e curtir : “Madalena (Entra em Beco, Sai em Beco)” na interpretação de Gilberto Gil.

O álbum foi gravado ao vivo por Caetano Veloso e Gilberto Gil no Teatro Castro Alves, em Salvador – BA, no ano de 1969.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Tarde em Itapuã

Toquinho e Gil Esse grande sucesso roda o mundo.

Composição de Toquinho e Vinicius de Moraes.

Existem outros vídeos em que você pode curtir a dupla interpretando essa música, mas, no vídeo de hoje você vai curtir um outro baiano fazendo dueto com Toquinho.

Trata-se de Gilberto Gil, e a canção é “Tarde em Itapuã“, composta em 1971.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Brasileiro cantando um Reggae dos Beatles ?

Gil e Milton Essa mistura toda é o que você vai curtir com essa gravação de Gilberto Gil.

O baiano tropicalista resolveu gravar “Something” em ritmo de Reggae.

Something” é uma canção dos Beatles composta por George Harrison e que foi lançada no álbum Abbey Road de 1969. Muitos a consideram a melhor composição de Harrison.

Depois de “Yesterday” esta é a música mais gravada dos Beatles.

O sucesso foi gravado e lançado no álbum Gil & Milton, no ano 2000. O disco contem varias interpretações de Gilberto Gil e Milton Nascimento.

Bem, vamos curtir e analisar. O que você achou ?

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.