Mais uma vez, a homenagem as Cariocas

©cristinacarriconde Ok, neste Domingo 29/10/2017 acaba de terminar o Horário de Verão Europeu e, dessa forma, para conhecimento dos amigos do Brasil, a diferença de horas entre a Irlanda e o Brasil passa a ser de apenas 2 horas.

Então, quando for 12:00 em Dublin, serão 10:00 no Rio de Janeiro.

E, para comemorar o término desse EST (European Summer Time, ou Horário de Verão Europeu) vamos curtir uma bela canção, um a jóia da Bossa Nova, composta por Tom Jobim e Vinicius de Moraes no ano de 1963: “Ela é Carioca”, na fabulosa interpretação de Celso Fonseca.

A canção foi lançada no mesmo ano, 1963, pelo grupo Os Cariocas.

Antônio Carlos Jobim só veio a gravar a música no ano de 1965.

The Point Carioca - Blog

Faltam menos de 300 acessos para chegarmos  a casa dos 100.000.

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Anúncios

Mais uma vez, Celso Fonseca

Celso Fonseca - Ao Vivo Esse sucesso composto por Caetano Veloso e Chico Buarque para o álbum Caetano e Chico – juntos e ao vivo, foi gravado e lançado pela dupla em 1972.

Depois, em 1992, foi a vez de Daniela Mercury gravar e, ainda na mesma década, em 1997, Gal Costa incluiria em seu álbum Acústico MTV.

Mais recentemente, em janeiro deste ano, Alexandre Pires grava, com a participação especial de Caetano Veloso, em seu CD/DVD DNA Musical.

Estamos falando da bela canção “Você Não Entende Nada”.

Mas hoje vamos curtir a música na voz de Celso Fonseca, gravada em seu DVD Celso Fonseca – Ao Vivo, de 2008.

Mais uma vez, uma bela apresentação e interpretação de Celso Fonseca.

The Point Carioca - Blog

Faltam menos de 1.700 acessos para chegarmos  a casa dos 100.000.

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Outro sucesso em inglês, no arranjo de Bossa Nova

Celso Fonseca Mais uma vez vamos postar e curtir uma bela interpretação de Celso Fonseca.

Hoje o sucesso é “What a difference a day made”, uma canção popular, escrita originalmente em espanhol pela mexicana Maria Grever, no ano de 1934, com o título de Cuando vuelva a tu lado“. No mesmo ano foi escrita a versão em inglês, por Stanley Adams.

Indiscutivelmente Celso Fonseca se mostra um dos maiores intérpretes de Bossa Nova na atualidade.

Vale a pena visitar seu canal no YouTube e ver outros vídeos.

Por hoje vamos curtir esse inesquecível sucesso, agora em Bossa Nova.

The Point Carioca - Blog

Faltam menos de 3.000 acessos para chegarmos  a casa dos 100.000.

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Beleza Rara, um Axé em Bossa Nova

Celso Fonseca O grande sucesso do grupo Banda Eva, “Beleza Rara”, composição de Ed Grandão e Nego John, lançado no ano de 1996, ganhou um belo arranjo no melhor estilo de Bossa Nova na interpretação de Celso Fonseca.

Há quem prefira o original, no estilo Axé Music, mas não custa nada ouvir e apreciar esse trabalho de Celso.

O vídeo abaixo faz parte do show de voz e violão, realizado nos dias 5 e 6 de agosto de 2009 no Estrela da Lapa, no Rio de Janeiro, onde foi gravado o segundo DVD do artista, “Celso Fonseca – Voz e Violão”.

Veja e curta: “Beleza Rara” com Celso Fonseca.

Eu achei que ficou bom, e você?

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.

Mais uma versão com Celso Fonseca

Celso Fonseca Esse é mais um sucesso, lançado no álbum de Celso Fonseca, Juventude/Slow Motion Bossa Nova, do ano de 2002.

Trata-se de uma versão feita por Ronaldo Bastos.

Ronaldo é um grande parceiro de Celso Fonseca, com outros grandes sucessos, que já postamos aqui.

Hoje vamos curtir a versão da canção francesa “Que reste-t-il de nos amours” (composta por Léo Chauliac e Charles Trenet) que Ronaldo Bastos fez sob o título de “O que restou do nosso amor“.

Vamos curtir a bela interpretação de Celso Fonseca.

Se você gostou de nosso post, cadastre-se como seguidor.

The Point Carioca - Blog

Clique em CURTIR e Compartilhe.